Storytelling nas Redes Sociais: como aplicar na prática


O storytelling pode ser a chave que precisa para revolucionar as redes sociais do seu negócio. Não basta contar histórias, é preciso despertar emoções. Vamos explorar as técnicas de storytelling e perceber como aplicá-las nas redes sociais.

A importância do Storytelling nas Redes Sociais

Num cenário onde as redes sociais promovem cada vez mais conteúdos rápidos, como as histórias e os Reels, os TikToks ou os Shorts, o desafio para os criadores de conteúdo e empreendedores é mais complexo do que nunca.

O aumento do consumo de conteúdo rápido trouxe consigo uma mudança significativa no comportamento dos utilizadores, visto que o tempo de atenção ou a taxa de retenção das pessoas é cada vez menor

Cada segundo conta, literalmente! As pessoas julgam um conteúdo nos seus primeiros 3 segundos. Isto significa que os negócios estão diante de uma competição intensa pela atenção do público. Prender a atenção tornou-se uma habilidade essencial e é aqui que o storytelling pode desempenhar um papel transformador.

Neste artigo, vamos adaptar as técnicas de storytelling ao acelerado mundo das redes sociais. Venha descobrir como criar narrativas envolventes, que não só capturam a atenção de quem as visualiza, como também promovem um envolvimento duradouro.

Vale mesmo a pena aplicar o storytelling nas redes sociais?

Como o seu nome indica, as redes sociais são espaços para socializar. Quando entramos numa rede social, a nossa intenção não é comprar, é entreter, relacionar ou interagir. O storytelling fornece esta possibilidade de construir uma conexão. Ele gera emoções ou identificação por parte de quem vê. 

Com o número elevado de informações nas redes sociais, este método bem estruturado pode destacar a sua marca de outras. Enquanto o conteúdo rápido pode ser consumido em segundos, as histórias bem contadas têm o poder de perdurar na memória.

Ao contar as suas histórias autênticas, cria uma identidade única para o seu negócio e aumenta a probabilidade de se recordarem dele. Além de que histórias que refletem os valores e desejos da sua persona ajudam a criar comunidades leais e transformam meros seguidores em clientes fiéis. 

Agora que percebeu que o storytelling é uma estratégia essencial para as redes sociais do seu negócio, vamos colocar as mãos na massa?

Como já mencionamos, não basta contar histórias, é preciso fazê-lo de forma envolvente e estratégica. Por isso, vamos partilhar consigo estratégias comprovadas que tornam o seu storytelling mais eficaz.

Estratégias de Storytelling - Como contas histórias e despertar emoções nas Redes Sociais

Gatilhos Mentais

Citando o nosso artigo inteiramente dedicado ao tema dos gatilhos mentais: “os gatilhos mentais podem ser uma poderosa arma de vendas e de persuasão, pois induzem as pessoas a agirem por impulso, quando estão diante de algo que lhes desperta interesse.” Num ambiente em que disputamos a atenção do seguidor, os gatilhos mentais podem ajudar-nos a despertar a emoção e o interesse. Repare nestes exemplos:

  • Exclusividade ou escassez

Os vídeos ou imagens devem despertar um sentimento de exclusividade e escassez desde os primeiros segundos. Deixar uma parte da história exclusiva para quem efetuar determinada ação pode ser uma solução, já que explora o impulso de querer saber mais e o sentimento de não querer ficar de fora.

  • Curiosidade e mistério

A mente humana é curiosa por natureza, não gosta de ficar com uma história a meio. Pode usar isso em seu benefício. Ao criar narrativas que geram mistério desde o início, atiça a curiosidade do espectador, mantendo-o investido na história para descobrir o desfecho. Deixe uma pergunta no ar e prometa revelar a resposta ao longo da narrativa.

  • Emoções Contrastantes

A variação de emoções é um elemento importante do storytelling. A vida é repleta de emoções diferentes e de dilemas, e as nossas histórias devem refletir isso para aumentar a conexão. Mostrar os sentimentos da personagem só torna a história mais real. Por isso, saliente a evolução de sentimentos ou conte a história em perspetivas diferentes (o lado bom e o lado mau, o resultado de diferentes decisões, etc).

  • Antecipação

Ao criar antecipação, motiva os ouvintes ou leitores a permanecerem até ao fim para descobrirem o que está para vir. Dê a entender que algo emocionante vai ser revelado, crie expectativa ao pedir que o seguidor fique envolvido até ao fim, para saber o que vai acontecer. 

Temas universais que conectam

Os temas universais são tópicos que transcendem barreiras culturais e sociais, ou seja, são temas comuns a todas pessoas e, por isso, todos têm uma certa conexão emocional com eles. Questões como os relacionamentos, a família, os tempos de escola, o trabalho ou o autoconhecimento podem ser incorporadas para passar uma lição ou para mostrar os valores do seu negócio nas redes sociais.

Mesmo que a sua área de negócio não ronde em torno destes temas universais, a verdade é que pode usá-los para falar da sua área de forma mais simples, divertida e dinâmica. Pode usar comparações para uma abordagem mais direta do assunto, ou então pegar nas experiências comuns desses temas e simplesmente mostrar os valores do seu negócio.

Sabe aqueles anúncios de televisão das empresas de telecomunicações, que não vendem diretamente o produto, mas procuram incorporá-lo, enquanto falam sobre questões comuns das famílias? Exatamente isso!

Imagens mentais

Compreender o poder das imagens mentais é como desbloquear um portal para a empatia e a conexão instantânea. As suas histórias podem ganhar vida, se criar uma experiência visual na mente de quem o assiste. Pode transformar conceitos abstratos em imagens tangíveis, para que a sua história não seja apenas ouvida, mas visualmente absorvida.

Fica mais fácil aplicar este conceito em vídeos ou imagens, onde pode acompanhar o discurso com recursos visuais. No entanto, também é possível fazer isto sem esses recursos:

  • Use adjetivos descritivos que exploram as sensações, as cores e as texturas para ajudar o ouvinte ou o leitor a visualizar o que está a transmitir. Quanto mais detalhado for, mais nítidas serão as imagens mentais criadas.

  • Explore metáforas e analogias para comparar elementos abstratos a elementos conhecidos. Isto torna a sua história mais acessível.

  • Pense na sua história como se fosse um filme. Ao descrever os detalhes do ambiente, os gestos das personagens e até a trilha sonora podem ajudar o seguidor a transportar-se para a narrativa.

  • Trabalhe as emoções. Associe imagens mentais às emoções que deseja transmitir. Os detalhes podem ajudar os espectadores a sentir o que a personagem da história está a sentir e a história vai-se tornar mais envolvente e memorável. 

  • Deixe espaço para a imaginação. Não descreva tudo em detalhes excessivos, senão as pessoas vão perder-se da história e do seu objetivo. 

Transformação da personagem

Neste tópico, vamos mergulhar na narrativa das mudanças, das reviravoltas e evoluções, que prendem a atenção e inspiram o seu público. Como pode estruturar uma boa história de transformação?

  • Jornada do Herói

A Jornada do Herói é uma das narrativas mais conhecidas no storytelling. Em 12 passos, ela mostra como o protagonista (que pode ser um cliente ou a própria marca) enfrenta um problema, vence obstáculos e encontra a sua solução. Esta abordagem cria empatia e identificação.

  • Testemunhos impactantes

Utilize testemunhos de clientes que destacam transformações reais. Partilhe como o seu produto ou serviço resolveu problemas específicos ou como a sua vida melhorou. Os testemunhos agem como prova social de que a sua marca é de confiança e faz a diferença na vida das pessoas. Procure partilhar os testemunhos de forma criativa, seja em vídeos ou imagens.


Concluímos este guia prático com a certeza de que o storytelling nas redes sociais veio para ficar. Seja em vídeos, imagens ou em formato carrossel, estas técnicas podem ser aplicadas para criar conexões emocionais duradouras nas redes sociais do seu negócio.

Ao utilizar gatilhos mentais, temas universais que conectam, imagens mentais e histórias de transformação, vai conquistar a atenção e o coração do seu público.

Depois de pensar e trabalhar nas estratégias de storytelling que mais se adequam às redes sociais do seu negócio, invista também algum do seu tempo em melhorar a forma como escreve para essas plataformas com as nossas 6 dicas de copywriting para ter sucesso nas redes sociais.


Mafalda Vasconcelos

Formada em Turismo, mas o digital e as redes sociais tornaram-se uma grande parte da sua vida. Tem sempre um sorriso para dar e sabe todas as letras das músicas que passam na rádio.

blog comments powered by Disqus




Fale connosco!

Somos uma equipa dedicada a responder a todas as suas questões de forma rápida e eficaz.

Acreditamos que o suporte é a nossa melhor funcionalidade.

Ponha-nos à prova!