SEO para Google Imagens: 10 dicas para melhorar o seu ranking nos resultados de pesquisa


Investir em SEO para imagens é uma estratégia inteligente para aumentar a visibilidade de uma marca, atrair um público mais amplo e melhorar o posicionamento do site nos motores de pesquisa, mais especificamente no Google. Quer saber mais sobre o tema? Então, este é o artigo certo para si.

SEO para imagens Google não é apenas uma prática técnica. É uma estratégia fundamental para a era atual, em que a atenção das pessoas é escassa e a preferência pelo consumo de conteúdo visual, crescente. Mais do que nunca, podemos afirmar que "uma imagem vale mais do que mil palavras". E é por isso que os motores de pesquisa, como o Google, procuram devolver imagens relevantes, como forma de resposta às pesquisas efetuadas pelos utilizadores.

Sabendo que o Google possui uma quota de mercado de 86,64% nos motores de pesquisa e que 92,96% do tráfego global na web é gerado a partir da pesquisa do Google, do Google Images e do Google Maps, negligenciar a otimização das imagens, é desperdiçar um recurso valioso que lhe permitirá alcançar um público mais amplo.

Por que deve investir em SEO para Google Imagens?

SEO para imagens é uma estratégia multifacetada, que vai muito além da simples estética. A otimização de imagens Google desempenha um papel fulcral na maximização do potencial online de uma marca, e oferece vantagens tangíveis relativamente a tráfego, taxa de interação e visibilidade nos motores de pesquisa. Destacam-se, então, os seguintes benefícios.

  • Fonte adicional de tráfego: a otimização de imagens proporciona uma oportunidade valiosa de atrair uma fonte adicional de tráfego para o site. Cerca de 32,9% das consultas de pesquisa no Google resultam em imagens, tornando esta uma porta de entrada crucial para um público mais amplo e diversificado. Portanto, com técnicas adequadas de SEO, as imagens podem aparecer nos resultados de pesquisa do Google Images, direcionando os utilizadores para o respetivo conteúdo.

  • Alcance e engagement: como, de um modo geral, o conteúdo visual é mais atrativo para os utilizadores, as imagens funcionam como catalisadores para o aumento do alcance das suas páginas. Isso acontece através da partilha dessas imagens em diferentes plataformas, incluindo redes sociais, o que, consequentemente, aumenta o alcance e a interação do público de forma significativa.

  • Melhoria da experiência do utilizador: otimizar as imagens vai mais além do que apenas a questão estética. Ao seguir as práticas recomendadas, todo o site será beneficiado. Imagens otimizadas resultam em carregamentos de imagens/página mais céleres, o que permite uma navegação mais eficiente para os visitantes do site, otimizando a sua experiência global. Além disso, a velocidade de carregamento da página é valorizada pelos motores de busca, impactando positivamente o posicionamento nos resultados orgânicos. 

  • Melhor posicionamento no ranking dos motores de pesquisa: o Google considera a otimização de imagens como um fator relevante para o ranqueamento nos resultados de pesquisa. Ao seguir práticas recomendadas de SEO, as imagens têm mais chances de aparecer em posições mais altas, contribuindo para a visibilidade global do site.

10 dicas para melhorar o seu ranking nos resultados de pesquisa de imagens no Google

SEO para imagens posiciona as imagens Google como um ativo estratégico para o crescimento da marca. Utilize-as para desbloquear oportunidades valiosas e alcançar um patamar superior nos resultados de pesquisa online.

Eis algumas dicas úteis para otimizar as imagens no seu site.

  1. Personalize o nome dos ficheiros

Geralmente, as imagens vêm com nomes padrão como "IMG_001". Todavia, essas imagens não acrescentam nada aos rastreadores do Google. Por isso, altere o nome do arquivo para algo curto, mas descritivo, de modo a ajudar os motores de busca a entenderem a imagem.

Por exemplo, uma imagem usada para o presente artigo poderia ter o nome de “seo-google-images-otimizacao-pesquisa". Nomes de arquivo descritivos e ricos em palavras-chave são essenciais para o SEO.

  1. Opte por formatos de imagem de última geração

Ao selecionar o formato da imagem, opte pelo mais apropriado. O Google Images é compatível com imagens nos formatos BMP, GIF, WebP, SVG, JPEG e PNG. Estes dois últimos são os formatos mais comummente utilizados. No entanto, o Google dá preferência a WebP, por ser um formato de imagem que permite uma compressão sem perdas significativas.

  1. Reduza o tamanho das imagens

A compressão de imagens é fundamental para garantir páginas rápidas e eficientes. Utilize ferramentas que permitam reduzir o tamanho do arquivo sem comprometer a qualidade. Idealmente, as imagens devem ser inferiores a 100 kb. 

  1. Use o alt text

As imagens têm um atributo alt, que serve para descrever o seu conteúdo. Além de o texto alternativo ou alt text ser importante para a acessibilidade, também desempenha um papel fundamental em SEO, pois em ambos os casos, serve para ajudar a compreender o seu conteúdo. Além de que, caso a imagem não carregue corretamente, será esse mesmo texto que irá aparecer ao utilizador.

Portanto, forneça descrições precisas e relevantes. Imaginando que a fotografia é de um produto de beleza, poderia ser algo como "Batom vermelho de longa duração da coleção de outono".

  1. Adicione as imagens ao seu sitemap

Os sitemaps são arquivos utilizados para fornecer informações sobre páginas, vídeos e outros elementos do site e indicar a relação entre si. Por isso, inclua as imagens no seu sitemap para que sejam rastreadas e indexadas pelos motores de pesquisa.

Existem ferramentas de SEO que ajudam na integração de imagens nos sitemaps, caso esteja a utilizar um site criado em WordPress

  1. URL amigáveis

À semelhança das páginas de um site, as imagens necessitam ter URL claros e descritivos, que incluam palavras-chave pertinentes. Assim, consegue comunicar rapidamente ao Google Images do que se trata.

  1. Adicione dados estruturados

Os dados estruturados são um formato padronizado para fornecer informações sobre uma página e classificar o seu conteúdo.  Ao adicionar dados estruturados às suas imagens, aumenta a probabilidade de estas aparecerem destacadas em pesquisas aprimoradas do Google, o que inclui um selo especial nas Imagens do Google. Esse selo ou etiqueta fornece informações relevantes sobre a página onde se encontra a imagem e direciona, assim, tráfego segmentado para o seu site.

  1. Exiba imagens responsivas

A apresentação de imagens que foram projetadas para computadores em dispositivos móveis pode resultar no uso desnecessário de duas a quatro vezes mais dados. Em vez de uma abordagem de tamanho único para as imagens, considere disponibilizar diferentes tamanhos de imagem para diversos dispositivos. Para isso, pode adicionar o atributo srcset à tag <img>. Este atributo permite-lhe especificar várias versões da imagem com diferentes tamanhos ou resoluções.

  1. Veicular imagens com dimensões corretas

Diferente do ponto anterior, em que diferentes versões da mesma imagem são disponibilizadas com base nas características do dispositivo do utilizador, como o tamanho do ecrã, a utilização de imagens com as dimensões corretas refere-se à importância de ajustar corretamente o tamanho das imagens em relação ao layout da página. Isto é, a imagem deve ter as dimensões do container onde irá aparecer, de forma a minimizar os recursos gastos na adaptação da mesma ao espaço disponível.

  1. Otimize a página onde se insere a imagem

O conteúdo das páginas onde uma imagem está incorporada desempenham um papel significativo na exibição da imagem, especialmente ao nível dos resultados de pesquisa. Por isso, trabalhe o título e a meta description da página em questão, seguindo as diretrizes fornecidas pelo Google, para aumentar a probabilidade de indexação das imagens.

  1. Dica extra: evite bancos de imagens

Em modo de dica extra, evite usar imagens de bancos de imagens, especialmente gratuitos, dado, uma vez que há uma maior probabilidade dessa mesma imagem ser usada por muitas outras pessoas.

Ainda para mais, estamos na era da inteligência artificial, em que existem programas que lhe permitem criar imagens únicas. Imagens originais e diferenciadas terão uma maior probabilidade de se destacarem no meio das outras, levando os internautas a clicar. E mais cliques é sinónimo de mais pertinência para o Google, que evidenciará a sua foto.

A procura de imagens é uma parte vital da experiência online. Ao implementar estas estratégias estará a construir uma base sólida para otimizar as suas imagens no Google e melhorar o seu posicionamento nos resultados de pesquisa visual.

No entanto, otimizar a presença online vai além das imagens. Uma marca forte também se baseia numa faturação eficiente.

Nesse sentido, o uso do programa de faturação InvoiceXpress, que oferece uma solução simples e intuitiva para a gestão da faturação do seu negócio, pode ser uma peça-chave para o seu sucesso.

Com funcionalidades abrangentes, como emissão de faturas certificadas, controlo de despesas e acompanhamento de pagamentos, o InvoiceXpress permite-lhe manter uma organização sólida e profissional. Além disso, ao utilizar este software de faturação certificado, demonstra uma imagem profissional nos seus processos de faturação, contribuindo assim para a construção de uma boa reputação no mercado.


Magda Santos

Profissional de Marketing Digital com foco em SEO, apaixonada por viagens, escrita, livros e fotografia. Navega pelo universo digital, enquanto explora diferentes lugares do mundo. O melhor capítulo da sua jornada de vida é o que se vai desenrolando ao lado da filha.

blog comments powered by Disqus



Fale connosco!

Somos uma equipa dedicada a responder a todas as suas questões de forma rápida e eficaz.

Acreditamos que o suporte é a nossa melhor funcionalidade.

Ponha-nos à prova!