A importância do remarketing numa estratégia de vendas online


O remarketing é uma poderosa ferramenta de marketing digital que serve para recuperar utilizadores que já tenham demonstrado interesse pela sua marca, produto ou serviço. As práticas de remarketing podem ser veiculadas em diferentes plataformas e a principal intenção desta estratégia é convencer o potencial cliente de que vale a pena concluir a compra consigo.

Costuma-se dizer que “quem não é visto, não é lembrado”. É assim na vida e nos negócios.

Quando alguém faz uma pesquisa com o objetivo de adquirir algo, não se fica apenas por um website. Visita várias marcas com loja online, de modo a comparar preços, ver opiniões e obter mais informações pertinentes sobre o produto ou serviço.

De forma a garantir que a sua marca não é esquecida e, sobretudo, motivar os clientes a voltarem, deve incluir remarketing na sua estratégia de vendas online.

O Remarketing é uma tática de marketing digital que visa espicaçar o utilizador que, de alguma maneira, interagiu com o seu negócio. No fundo, é como fazer, novamente, marketing para a mesma pessoa. A ideia principal é gerar impacto no utilizador que já teve contacto com o seu negócio, incentivando-o a tomar uma ação.

O Remarketing pode ser usado em diferentes situações. Desde um email a relembrar os produtos que foram deixados no carrinho de compras, a mensagens (SMS) com oferta dos portes de envio, passando por banners de imagem ou texto, que surjam em blogs ou sites e que evoquem os produtos que o utilizador andou a ver.

Quais as vantagens do remarketing?

Com certeza que já lhe aconteceu, depois de ter visitado um site, aparecer-lhe, insistentemente, anúncios sobre o produto visualizado. E se se recorda, então é porque a estratégia teve um forte impacto em si (ainda que, nalguns casos, seja pela negativa). Agora pense em como o remarketing poderia ser um forte aliado do seu negócio.

  • Um dos principais benefícios do remarketing é que pode apresentar a mensagem certa, para as pessoas certas, no momento certo. Ou seja, alcançar potenciais clientes, que interagiram anteriormente com a sua empresa, e que estão mais propensos a comprar o seu produto ou serviço. Isso aumenta, consideravelmente, as chances de conversão.

  • Cerca de 95% dos utilizadores que visitam um site, pela primeira vez, não efetivam a compra, dado que é frequente estarem apenas em fase de pesquisa. Para além disso, em 2021, a taxa de abandono do carrinho era de aproximadamente 80%. Nestes casos, o remarketing tem como objetivo aliciar o cliente à conversão, ao relembrá-lo dos produtos que viu ou que deixou no carrinho abandonado, e incentivar à retoma do mesmo.

  • De um ponto de vista estratégico, se estruturar as suas campanhas de remarketing para momentos mais propícios à compra, como o final do mês e datas festivas, aumenta as hipóteses de potenciar as vendas online

  • O remarketing proporciona uma presença abrangente e diversificada da marca, no dia a dia dos utilizadores, reforçando a notoriedade da marca e impedindo-a de cair no esquecimento.

  • O cross selling e o up selling são duas abordagens interessantes do remarketing, que permitem reativar clientes antigos, através da promoção de produtos relacionados com aqueles que foram comprados anteriormente. Pode ser um modelo mais atual do produto adquirido ou a venda de acessórios complementares.

  • O remarketing auxilia a quebrar objeções à compra, através da nutrição do potencial cliente, até ao momento da compra.

Como se aplica o remarketing, na prática?

O remarketing é uma estratégia essencial a ser adotada pelas empresas, que traz um diferencial competitivo, garantindo mais e melhores vendas online.

É uma tática mais simples do que parece, passível de ser aprimorada ao longo do tempo. Alguns dos casos em que pode ser aplicado são:

  • Google Ads - rede de display

  • Google Ads – rede de pesquisa

  • Social media

  • Email marketing

Google Ads - rede de display

O remarketing é uma funcionalidade do Google Ads que permite personalizar anúncios pagos de visualização para pessoas que visitaram a sua loja online. O que acontece é que, ao interagir com o seu site, o utilizador é marcado com um cookie, isto é, um código exclusivo, que associa aqueles dados ao utilizador. Posteriormente, este é adicionado a uma lista de remarketing, com base no seu comportamento e interesses, para que venha a ser impactado por anúncios pertinentes.

Esses anúncios pagos são difundidos na rede de display, que se resume a um grupo de sites parceiros que disponibilizam espaço dentro das suas páginas para divulgação de publicidade paga.

Este tipo de estratégia, dependendo do estágio do cliente na jornada de compra, costuma ser eficaz, pois reforça a mensagem da loja.

Pode, também, recorrer ao remarketing dinâmico, que tem por base o feed de dados do Google Merchant Center.

Google Ads - Rede de pesquisa

Fazer remarketing na rede de pesquisa significa mostrar o seu produto ao consumidor que está ativamente a pesquisá-lo. Ao optar por esta estratégia, sempre que alguém visitar o seu site e, em seguida, procurar por produtos ou empresas similares à sua, os seus anúncios pagos aparecerão. 

O intuito é aumentar a visibilidade da sua marca e captar os clientes que costumam pesquisar outros preços e serviços, antes de finalizar a compra.

Social media - Facebook e Instagram

Ao fazer remarketing nas redes sociais, a proposta é que o produto apareça no feed de notícias daquele cliente que visitou a sua loja e que não concluiu a compra. Ou, então, pode aproveitar para fazer up selling (venda de produtos de maior valor) ou cross selling (venda de produtos complementares).

A abordagem não passa, necessariamente, por oferecer um desconto, mas por reformular os argumentos que apelam à compra. Estruture a estratégia de forma a que cada utilizador pense que aquela oferta foi preparada especificamente para ele.  

Email marketing

O email marketing é uma poderosa ferramenta de comunicação para as empresas. Através de uma estratégia de remarketing bem definida, conseguirá manter uma comunicação de proximidade com a audiência, reforçar a decisão de compra do utilizador que entrou na sua loja, mas não concluiu o processo e, assim, fechar mais vendas online.

A dica é investir numa ferramenta de automação de marketing, segmentar os contactos e personalizar as mensagens de acordo com as necessidades.

É frequente utilizar-se o email para enviar descontos ou oferta dos portes de envio, no caso de abandono do carrinho com produtos. Todavia, enviar um e-book educativo sobre o produto ou serviço, também poderá ser efetivo.


Outras formas de remarketing são as SMS (mensagens), que permitem uma ligação direta e rápida ao utilizador, e as notificações Push de apps, que podem ser usadas para entregar ofertas exclusivas.

Em suma, podemos concluir que o remarketing é fundamental para os negócios que visam aumentar as receitas. Com esta estratégia em mãos, é possível criar novas campanhas específicas e, possivelmente, mais certeiras.

Outra forma de ser eficiente, passa por melhorar os processos de faturação. Com o InvoiceXpress consegue programar o envio automático de emails ou mensagens SMS a relembrar os clientes dos prazos de pagamento a decorrer ou já vencidos. Tudo para que a cobrança das suas faturas seja um processo direto, eficaz e discreto. Experimente já durante 30 dias grátis!


Magda Santos

Entusiasta do Marketing Digital e apaixonada pela escrita, por livros e viagens. A Magda espera um dia dar a volta ao mundo com a sua filha.

blog comments powered by Disqus




Fale connosco!

Somos uma equipa dedicada a responder a todas as suas questões de forma rápida e eficaz.

Acreditamos que o suporte é a nossa melhor funcionalidade.

Ponha-nos à prova!