Como descobrir o meu nicho de mercado?


Descobrir o nicho de mercado é um dos pilares de sucesso para qualquer negócio. Porém, para muitos, identificá-lo não é tarefa simples. Este texto dá uma ajuda a quem a palavra empreendedorismo é tão relevante como respirar. É por isso natural que a primeira recomendação do artigo seja: respire fundo, tem aqui tudo o que precisa.

A criação de um negócio pressupõe diversos passos: área de atuação, marketing, publicidade, comunicação, produto/serviço, recursos humanos, logística e transportes e, claro, público-alvo. Os futuros compradores do que aí vem. 

Ainda assim, nem tudo o que desenvolvemos deve ser direcionado para as massas: há que apontar de forma certeira; atingir apenas aqueles que realmente pretendem ter nas suas vidas o produto/serviço que nasceu da sua mais recente aventura no mundo do empreendedorismo. A isso, dá-se o nome de nicho de mercado: uma pequena parcela de consumidores que mais facilmente se tornará fiel ao seu projeto.

Nicho de mercado: do que se trata?

Todos dirão que sabem o que é, mas nem todos, na prática, terão a coragem de trabalhar para um nicho de mercado: num primeiro olhar, poderá parecer pouco a nível de volume ou alcance para a marca. Por outro lado, a chave do sucesso está aqui.

Um nicho de mercado é uma pequena parcela de um segmento de mercado. Este é um grupo grande de consumidores com interesses idênticos. O nicho, por seu turno, é uma pequena parcela deste mesmo segmento. Confuso? Este exemplo ajuda.

Na área do bem-estar existem segmentos como os produtos de beleza, relaxamento, entre outros. Se nos focarmos apenas na beleza e, afunilando ainda mais, nos artigos de beleza de origem biológica, não poluentes, encontramos... um nicho de mercado. Menos populoso, mas mais fiel e capaz de voltar à sua marca, pois sente que ali existe alguém ou algo com as mesmas preocupações ambientais e que partilha os mesmos valores e visões do mundo.

A importância de definir um nicho de mercado

Numa palavra: especialização. Caso contrário, estará a navegar num extenso oceano, a atingir bastantes pessoas com a sua comunicação, mas sem que exista a chamada conversão ou a chamada lealdade, já que muitas outras marcas publicitam o mesmo serviço/produto. 

Tudo mudará se definir um nicho de mercado; se se especializar, sendo um dos únicos players do mercado a comercializar ou disponibilizar aquele serviço/produto. Chegará a menos gente, está claro, mas conseguirá ser mais certeiro e atingirá clientes mais carentes e que procuram uma solução diferente do mercado mais global

É plausível que realize menos vendas, ainda que os valores de negócio possam ser definidos pela sua empresa, sem a pressão de centenas de marcas em disputa pelo mesmo território.

Outra vantagem passa pela possibilidade mais real de realização de parcerias: ao conhecer o mercado de forma profunda, conseguirá identificar quem realmente se adequa à cultura da sua empresa.

Tipos de nicho de mercado

Este é outro dos passos obrigatórios: segmentar o mercado para que atinja realmente o consumidor certo. Aquele que mais rapidamente irá tocar à porta. A segmentação geográfica é baseada na localização do seu negócio: continente, país, estado, região, cidade ou bairro. Paralelamente a este exercício, deve também analisar a concorrência — se existir! 

A segmentação demográfica é igualmente mandatória já que é aqui que se definirão dados como a faixa etária, género, ocupações profissionais, escolaridade, entre outros temas que o ajudarão a encontrar, com pinças, as personas indicadas. O seu nicho de mercado, no fundo.

Próxima desta área é a segmentação comportamental, que abarca os hábitos de consumo dos clientes: o que estes procuram, o que necessitam, o que consomem. Tópicos que, mais uma vez, irão tornar eficaz a sua comunicação junto dos que se interessam pelo negócio. 

Caso pretenda ir mais fundo enquanto empreendedor, pode mergulhar nos chamados interesses mais particulares como o estilo de música preferido, ativismo, intolerâncias alimentares, veganismo ou vegetarianismo e até defensores dos animais.

Nicho de mercado: 5 passos para o identificar

Apreendida a noção de nicho, sua definição e tipologias, chega o momento de identificar aquele que mais se adequa ao negócio. O primeiro e mais óbvio deve responder à seguinte questão: que mercado melhor serve os interesses do negócio? É importante ter alguma paixão pela área e não seguir tendências, muitas vezes prejudiciais por estas deixarem entretanto de o ser e, também, por não dominar o assunto.

A identificação do problema é outro dos passos: se for um conhecedor do mercado, saberá onde ele está, precisando apenas de colocar as mãos na massa. Caso contrário, deve efetuar um estudo detalhado da área em questão: desde fóruns na Internet ou redes sociais, pesquisa de palavras-chave no Google ou mesmo redobrar a atenção para dúvidas ou feedbacks de consumidores — e, portanto, potenciais clientes — relativamente a eventuais concorrentes.

É um especialista no mercado em que vai atuar ou apenas tem umas breves noções do seu funcionamento? Aqui, deve existir o máximo de humildade para que melhor se possa posicionar. Caso não seja um profundo conhecedor do mercado, é fulcral que o estude e perceba tudo o que o envolve. Dessa forma, diminuirá as probabilidades de erro.

Analisar as necessidades de um determinado nicho de mercado é outro passo que terá de dar. Pode entrevistar potenciais clientes sobre intenções de compra, tentando perceber a recetividade daqueles.

Por fim — que também pode vir no início — a concorrência! Investigue o nível de saturação do mercado; depois, a qualidade dos concorrentes. Havendo uma concorrência reduzida e pouco profissionalizada, deve avançar!

Ter uma atenção redobrada a estes pormenores é, pois, obrigatório para empreendedores que procurem encontrar o seu nicho de mercado. O capítulo seguinte é da sua responsabilidade: colocar em prática as dicas deste artigo.


Ângelo Delgado

Copywriter, escritor e antigo jornalista, pretende ainda escrever guiões para cinema, pois já os escreve para publicidade. Tudo o que esteja ligado à palavra, tem a atenção do Ângelo.

blog comments powered by Disqus




Fale connosco!

Somos uma equipa dedicada a responder a todas as suas questões de forma rápida e eficaz.

Acreditamos que o suporte é a nossa melhor funcionalidade.

Ponha-nos à prova!