Metaverso: saiba o que é, que oportunidades poderá trazer e como preparar o seu negócio


Apesar de as criptomoedas já estarem presentes há algum tempo, outros conceitos como o dos NFTs e do metaverso são mais recentes e podem ainda causar alguma confusão. Neste artigo, pretendemos explicar o que é o metaverso, que oportunidades poderá trazer para o seu negócio e como pode preparar-se para ele.

A maioria das grandes tendências tecnológicas foram desenvolvidas nos bastidores, longe dos olhares das multidões, durante algum tempo até que uma personalidade ou empresa reconhecida mundialmente as trouxe para o foco do público em geral.

Foi isto que aconteceu com o metaverso quando o Mark Zuckerberg e a sua equipa decidiram mudar o nome da empresa Facebook para Meta em Outubro de 2021, anunciando também um investimento multimilionário nesta tecnologia.

O desenvolvimento do metaverso tem vindo a ser cada vez mais acelerado graças ao impacto da pandemia no desenvolvimento do mundo digital. Para além disto, o aumento da popularidade do Blockchain, ativos digitais e NFTs contribui ainda mais para este desenvolvimento. Apesar de todo o alarido, muitos especialistas acreditam que o metaverso ainda está a uma década de atingir a sua maturidade.

Se há coisa que aprendemos com as criptomoedas e, em particular, com a evolução do Bitcoin, é que quem entra cedo nestas tendências digitais, acaba por conseguir colher mais frutos. À medida que a procura por soluções digitais para problemas quotidianos aumenta, também aumenta o interesse pelo metaverso.

Por isso, neste artigo iremos explicar em que consiste o metaverso, quais são as oportunidades que este poderá criar no mundo digital e de que forma poderão as pequenas e médias empresas preparar-se para tirar o maior partido dele.

O que é o Metaverso?

A palavra “metaverso” deriva de “meta”, que é uma palavra grega que significa “além”, e corresponde a um mundo virtual centralizado, ou seja, que existe para além do mundo físico

Apesar de este termo só ter sido introduzido recentemente no vocabulário do público geral graças à empresa conhecida anteriormente como Facebook (agora “Meta”), esta ideia já existe há algum tempo.

De forma simples, o metaverso é um mundo virtual que permite a criação de ambientes virtuais ilimitados onde as pessoas podem interagir entre si. Esta interação pode ser com o objetivo de criar, comprar ou vender produtos e serviços digitais. Atualmente, apenas é possível aceder a este mundo virtual através da utilização de óculos de realidade virtual.

O objetivo desta tecnologia é o de um dia vir a ligar o mundo inteiro de forma virtual da mesma forma como este está ligado atualmente no mundo físico. Neste mundo virtual, os utilizadores terão a oportunidade de viver uma vida paralela, onde ditam as suas próprias regras. A forma como decidem viver esta vida virtual estará inteiramente nas mãos de cada utilizador.

Assim, num futuro ainda distante, poderá vir a ser possível ir às compras com os amigos, mesmo que estejam fisicamente em continentes diferentes, investir em imobiliário virtual, viajar pelo mundo virtual sem sair do seu espaço físico, etc. Basicamente, será possível viver uma vida tal como a que conhecemos hoje em dia no mundo físico, mas num mundo de realidade virtual.

Metaverso: que oportunidades pode criar para o seu negócio?

Apesar do cenário que o metaverso almeja atingir no futuro ainda estar longe de ser uma realidade, há alguns impactos mais imediatos que os especialistas prevêem que esta nova tecnologia venha a ter na forma como os negócios e os consumidores interagem entre si.

Algumas destas tendências já se começam a verificar no mundo digital. Estas serão cada vez mais comuns e são verdadeiras oportunidades que qualquer negócio deve tirar o maior partido possível:

  • Eventos virtuais em tempo real: a tendência será para que as plataformas de eventos virtuais sejam cada vez mais desenvolvidas, permitindo ao público assistir a eventos criados ou patrocinados pelos negócios, a partir de qualquer ponto do mundo. Hoje em dia, assistimos a essa tendência através do aumento dos eventos em tempo real realizados através das redes sociais como é o exemplo dos lives no Instagram ou no Facebook;

  • Maior visibilidade das marcas em cada vez mais plataformas: com o uso crescente dos meios digitais, todos os negócios e marcas, mesmo lojas físicas, terão um alcance que será muito superior ao da sua localização física. Esta é uma tendência que se verifica há muitos anos e que o metaverso continuará a acelerar, permitindo novas formas de promoção das marcas e de interação entre os negócios e os consumidores;

  • Mais oportunidades de interação e recolha de feedback: graças ao aumento da visibilidade das marcas, também haverá um maior contacto entre estas e o seu público-alvo, o que irá criar mais oportunidades para os negócios explorarem e experimentarem diferentes variações dos seus produtos e serviços. Este contacto também permitirá recolher feedback em tempo real sobre os seus produtos ou serviços, permitindo uma maior adaptação às necessidades dos consumidores.

4 formas de preparar o seu negócio para o Metaverso

Como resultado da pandemia, os negócios com lojas físicas viram-se obrigados a lidar com uma redução drástica das transações de produtos nas suas lojas. Cada vez mais empresas adaptaram o seu negócio para um mundo digital, muitas delas passando mesmo a ter apenas uma loja online (se ainda não criou a sua, espreite o nosso ebook gratuito que lhe explica como o fazer em apenas 5 passos).

Com esta transição dos negócios para o digital, a adaptação ao metaverso pode não só ser uma decisão inteligente, como até uma decisão necessária para a sua sobrevivência. Para isso, é preciso olhar para a atual infraestrutura digital do seu negócio e identificar as áreas em que pode melhorar. Pode começar por:

1. Otimizar a sua presença online

O metaverso é, essencialmente, uma versão da internet, o que significa que o primeiro passo será ter uma boa presença online, começando por ter um site. Idealmente deverá escolher uma plataforma que permita criar uma loja online para que possa vir a vender os seus produtos ou serviços online. Uma presença forte nas redes sociais é também uma forma importante de manter o contacto com o seu público-alvo e aumentar a visibilidade da sua marca.

2. Ajuste o seu modelo de negócio

Se o seu negócio ainda é 100% físico, ou seja, se apenas vende produtos físicos numa loja física, considere adaptar o seu negócio para vendas online. Poderá fazer isto criando parcerias com uma empresa de transporte de encomendas, criar uma loja online e até criar um produto digital relacionado com os seus produtos físicos. Por exemplo, se vende roupa feita à mão em crochet, poderá pensar em criar um curso online para iniciantes de crochet.

3. Pesquise e conheça bem o seu público-alvo

Não basta estar atento às novidades e tendências do mundo digital. Mais importante do que isso, é saber como está o seu público-alvo a reagir e a abraçar estas mesmas tendências, ao mesmo tempo que monitoriza os passos da sua concorrência;

4. Não avance mais depressa do que aquilo para que o seu público-alvo está preparado

Pegando no ponto anterior, o seu negócio até pode estar pronto para abraçar as novas tendências e dar o próximo passo no metaverso. No entanto, se o seu público-alvo não estiver preparado, corre o risco de os perder pelo caminho. Para evitar isso, garanta que todas as novidades que introduz são opcionais numa fase inicial e monitorize a resposta dos seus consumidores de forma atenta.


Apesar de o metaverso ainda ser uma área sujeita a alguma especulação, o facto de ter uma empresa como a Meta (antigo Facebook) por trás, faz com que a adoção desta nova tecnologia seja acelerada e o seu sucesso seja quase certo.

A preparação que cada negócio fará para o metaverso poderá tomar diferentes formas, dependendo da sua indústria. No entanto, o primeiro passo, e o mais importante, é o de ter uma presença online através da construção de um site para o seu negócio, que ajudará a marcar o seu espaço no mundo virtual. Isto facilitará a transição para qualquer novidade que esta nova tecnologia possa trazer.

O potencial do metaverso é imenso e, tal como vimos com as criptomoedas, quem começa a apostar cedo poderá vir a colher os maiores benefícios. Por isso, os empreendedores deverão preparar os seus negócios para o impacto do metaverso, mantendo uma mente aberta e estando a postos para se adaptarem e reinventarem de forma a que os seus negócios continuem a ser relevantes e a oferecer soluções que o seu público-alvo precisa.


Beatriz Abreu Peixoto

A Beatriz ajuda empresas e pequenos negócios através da criação de conteúdo escrito informativo e otimizado para os motores de busca. Quando não está a escrever, adora passar tempo com a sua filha de quatro patas, a Phoebe.

blog comments powered by Disqus




Fale connosco!

Somos uma equipa dedicada a responder a todas as suas questões de forma rápida e eficaz.

Acreditamos que o suporte é a nossa melhor funcionalidade.

Ponha-nos à prova!