Google Ads vs. SEO: qual é a melhor estratégia para o seu negócio?


Ambos têm o objetivo de mostrar as páginas do seu site aos utilizadores que estão ativamente à procura de um produto ou serviço, mas adotam abordagens distintas. Um fá-lo de forma orgânica (não paga) e o outro através de anúncios. Então, qual deve usar?

A visibilidade online é essencial para o sucesso de qualquer empresa, especialmente num mundo cada vez mais digital. Duas estratégias dominantes para ampliar essa visibilidade e atrair potenciais clientes são o Google Ads e o SEO (Search Engine Optimization).

Na sua génese, estas táticas adotam abordagens distintas, mas ambas têm como objetivo a divulgação das páginas do seu site aos utilizadores que estão ativamente à procura de um produto ou serviço.

Será, então, que existe uma clara superioridade de um sobre o outro, ou uma estratégia eficaz de marketing digital requer, de facto, a integração de ambos? Fique atento a este artigo para compreender melhor as diferenças entre SEO e Google Ads, bem como qual a melhor maneira de incorporar ambos para alcançar os seus objetivos comerciais.

O que é SEO?

SEO ou Search Engine Optimization, é o processo de otimização das páginas de um site para melhorar o seu posicionamento nos resultados de pesquisa orgânicos dos motores de busca, como o Google.

Este processo engloba uma série de práticas, como a pesquisa de palavras-chave relevantes, criação de conteúdos pertinentes, aprimoramento da experiência do utilizador no site, geração de uma rede de backlinks, entre outras estratégias de otimização on-page, off-page e técnica. Tudo isso, com o objetivo de obter tráfego orgânico qualificado para o seu site, ou seja, visitantes que estão à procura do que tem para vender e que, à partida, estão prontos para comprar.

Vantagens de SEO

Custo efetivo - Ao investir em SEO, as empresas estão a construir ativos digitais que continuam a gerar tráfego orgânico sem a necessidade de pagamentos recorrentes. Essa abordagem não só reduz os custos a longo prazo, como também promove um desenvolvimento sustentável, uma vez que o conteúdo otimizado continua a atrair visitantes ao longo do tempo.

Dessa forma, o SEO não é apenas uma estratégia inicial, é um investimento que proporciona benefícios ao longo do tempo.

Credibilidade e confiança na marca - A perceção do utilizador em relação às pesquisas orgânicas é de confiabilidade e autenticidade. Os resultados orgânicos são muitas vezes considerados mais confiáveis, uma vez que não são influenciados por pagamentos diretos à plataforma de pesquisa. Empresas que aparecem nos resultados de pesquisa orgânicos geralmente são vistas como mais autênticas, o que contribui para a construção da credibilidade da marca.

Tráfego sustentável - Quando uma página alcança boas classificações nos resultados de pesquisa, começa a haver um fluxo contínuo e consistente de visitantes ao site, que se perpetua no tempo.

A sustentabilidade do tráfego orgânico advém do facto de que, uma vez conquistadas as posições mais elevadas nos motores de busca, as páginas de um site tendem a manter essa visibilidade, desde que continuem a oferecer conteúdo relevante e de qualidade.

Desvantagens de SEO

Resultados a longo prazo - A aplicação de uma estratégia de SEO leva tempo a gerar resultados significativos. A implementação de técnicas de otimização pode demorar meses a apresentar retorno expressivo, dependendo da competitividade do setor e das palavras-chave alvo.

A conquista de posições elevadas nos motores de pesquisa requer consistência e um compromisso a longo prazo, pelo que empresas que esperam resultados imediatos podem sentir-se frustradas com a aparente lentidão do processo de SEO.

Competição no mercado - A disputa por boas classificações orgânicas é elevada e pode ser difícil competir em mercados já saturados. Em setores onde várias empresas competem pelos mesmos termos de pesquisa, alcançar e manter posições de destaque exige esforços contínuos e estratégias mais sofisticadas.

Além disso, as atualizações constantes nos algoritmos dos motores de busca podem impactar a classificação, exigindo adaptação constante para manter a relevância.

O que é Google Ads?

O Google Ads, anteriormente denominado Google AdWords, é a plataforma de publicidade paga do Google. Através desta ferramenta, é possível criar anúncios para aparecerem nos resultados de pesquisa, bem como em sites parceiros e na vasta rede do Google. É utilizado o modelo de pay-per-click (PPC), em que o pagamento é feito de acordo com o número de cliques efetuados nos anúncios.

A conta do Google Ads é gerida online, permitindo ajustes ou interrupções a qualquer momento. Não existe um valor mínimo de investimento e é o utilizador que escolhe e controla o seu orçamento, define o público, localização, posicionamentos de apresentação do anúncio, e monitoriza o desempenho do mesmo.

Os anúncios pagos do Google aparecem junto com os resultados-padrão dos motores de busca, tanto na parte superior, como na parte inferior da página. A probabilidade de um anúncio ser apresentado a um utilizador depende de vários fatores, incluindo o valor da licitação, qualidade do anúncio e experiência do utilizador na página de destino.

Os anúncios de PPC do Google aparecem de diversas formas, incluindo:

  1. Anúncios do Google Shopping

Estes anúncios aparecem no topo das SERP, em formato de carrossel, e exibem imagens e preços de produtos para facilitar a comparação.

  1. Anúncios de Pesquisa

São anúncios de texto que surgem no topo das SERP, acima dos resultados orgânicos, com o título “Patrocinado”.

Apesar de ainda não estar disponível para nenhum país de língua portuguesa, existem já os Anúncios de Serviços Locais. São semelhantes aos anúncios Google Shopping, mas destinados a empresas de serviços locais, apresentando informações específicas sobre o negócio.

Vantagens do Google Ads

Resultados imediatos - Os anúncios do Google Ads têm a valiosa capacidade de gerar tráfego instantâneo e proporcionar resultados imediatos. Esta rapidez é particularmente benéfica em situações que exigem uma resposta célere, como lançamentos de novos produtos ou promoções temporárias.

Controlo total - Uma das características distintivas do Google Ads é o controlo total, em tempo real, por parte dos anunciantes. Desde o orçamento disponível até às palavras-chave escolhidas, à segmentação geográfica definida e outros detalhes cruciais dos anúncios, o utilizador tem o poder de moldar e ajustar a campanha de acordo com as necessidades específicas da empresa.

Resultados mensuráveis - A capacidade de medir o desempenho das campanhas é uma das mais-valias do Google Ads. A plataforma compila dados detalhados que possibilitam uma análise abrangente, desde o número de cliques até às taxas de conversão. Estas métricas permitem uma avaliação precisa do retorno sobre o investimento (ROI) e facilitam ajustes estratégicos com base em resultados tangíveis.

Desvantagens do Google Ads

Custo variável - Em áreas de negócio altamente competitivas, as licitações para determinadas palavras-chave podem tornar-se exponencialmente elevadas, aumentando consideravelmente os custos da campanha. 

Dependência de orçamento contínuo - O Google Ads opera num modelo de pagamento por clique (PPC), o que significa que, se a empresa decidir interromper os investimentos em anúncios, o tráfego também cessa. Esta dependência contínua de orçamento é uma desvantagem notável, uma vez que a ausência de investimento resulta numa perda imediata de visibilidade online.

Concorrência intensa - As palavras-chave podem ser altamente competitivas, dependendo da saturação do mercado. Este cenário resulta em licitações mais altas para alcançar posições de destaque nos resultados de pesquisa, levando ao aumento dos custos e à diminuição da rentabilidade da campanha. Além disso, a competição acirrada pode limitar a visibilidade do anúncio, especialmente se a empresa não estiver disposta a competir em termos financeiros. 

Então, qual é a melhor estratégia para o seu negócio: SEO ou Google Ads?

A escolha entre SEO e Google Ads é uma decisão estratégica complexa que requer uma análise cuidadosa dos objetivos, recursos e características específicas do seu negócio

Vejamos, nova e comparativamente, os fatores a considerar.

Objetivos a curto e longo prazo

  • SEO - Mais adequado para metas a longo prazo, o que leva à construção de uma presença online sustentável e aumento da visibilidade orgânica ao longo do tempo.

  • Google Ads - Ideal para alcançar resultados imediatos, sendo eficaz para promoções temporárias ou lançamentos de produtos.

Orçamento disponível

  • SEO - Custos iniciais podem ser mais elevados, mas os resultados a longo prazo não exigem pagamentos constantes por cliques.

  • Google Ads - Requer investimento contínuo para manter a visibilidade nos resultados de pesquisa.

Competição no mercado

  • SEO - Em setores menos saturados, pode gerar resultados consistentes com investimentos relativamente menores.

  • Google Ads - Em áreas de negócio altamente competitivas, pode proporcionar visibilidade instantânea, mas com custos mais elevados.

Controlo sobre conteúdos e posicionamento

  • SEO - Otimização contínua para melhorar a classificação, mas menos controlo imediato sobre a exibição nos resultados de pesquisa.

  • Google Ads - Oferece controlo imediato sobre conteúdos e posicionamento dos anúncios.

Visibilidade a longo prazo

  • SEO - Constrói visibilidade a longo prazo, mesmo após a interrupção de esforços ativos, se se mantiver as atualizações regulares de conteúdo e otimização.

  • Google Ads - Fornece visibilidade enquanto houver investimento, mas cessa imediatamente após a interrupção dos anúncios.

Simplifiquemos:

Se o seu negócio necessita de resultados imediatos e existe um orçamento disponível para publicidade, o Google Ads poderá ser a escolha certa. Gera tráfego rapidamente e direciona-o para o seu site. No entanto, fica dependente de recursos financeiros para anúncios, pois a sua quebra levará à não obtenção de resultados.

Por outro lado, se está disposto a investir numa estratégia a longo prazo e construir uma presença online orgânica e sustentável, SEO é a escolha certa. Embora demore tempo para obter resultados significativos, o tráfego orgânico que é gerado pelo SEO é mais económico a longo prazo e cria uma base sólida de utilizadores qualificados.

Em suma, ambas as estratégias têm méritos próprios, e integrá-las em conjunto é a chave para uma abordagem de marketing digital abrangente e eficaz. Dessa forma, conseguirá colher os benefícios a curto prazo do Google Ads enquanto constrói uma presença online orgânica e duradoura através de SEO.


Adicionado às estratégias de SEO e Google Ads, outra estratégia primorosa para o seu negócio é o uso de ferramentas eficazes de gestão financeira, como o InvoiceXpress.

O InvoiceXpress é um software que simplifica e automatiza o processo de faturação. Ao integrá-la na sua estratégia de marketing digital, pode garantir uma gestão financeira sólida e eficaz, complementando, assim, os esforços para maximizar a visibilidade online e impulsionar o sucesso do seu negócio.


Magda Santos

Profissional de Marketing Digital com foco em SEO, apaixonada por viagens, escrita, livros e fotografia. Navega pelo universo digital, enquanto explora diferentes lugares do mundo. O melhor capítulo da sua jornada de vida é o que se vai desenrolando ao lado da filha.

blog comments powered by Disqus




Fale connosco!

Somos uma equipa dedicada a responder a todas as suas questões de forma rápida e eficaz.

Acreditamos que o suporte é a nossa melhor funcionalidade.

Ponha-nos à prova!