Detox digital - como desligar do trabalho nas férias


“Preciso de umas mini-férias para recuperar das férias.” Este pensamento é-lhe familiar? Das duas, uma: ou teve umas férias plenas de “festa rija”, ou (e vamos apostar nesta) não conseguiu relaxar a 100% porque teve a companhia de preocupações profissionais. A solução pode ser um detox digital.

Nova modalidade Multiconta para negócios multiempresa

Um ecrã aqui, outro ali, mais dois acolá. Olha, no tabliê do carro também. Só mais um para acabar, e pode ser no relógio. Estamos cercados.

Começa a ser complicado desligarmos da tecnologia, sobretudo agora que temos um ecrã estupendo no bolso. Não estamos cercados, fomos invadidos.
Vivemos um pico da Sociedade da Informação e já nos apercebemos que a imparável digitalização de tudo transforma por completo o nosso dia-a-dia, inclusive a nossa relação com o trabalho.
A dificuldade em separar o trabalho da vida pessoal está, em grande parte, relacionada com o avanço tecnológico dos dispositivos móveis: ora lançam-nos na diversão das redes sociais, ora sufocam-nos com mails de trabalho às 11 da noite.

É certo e sabido que no dia-a-dia de quem possui um negócio é impossível conseguir esta separação, daí ser ainda maior a necessidade de desligar durante as férias.

Há aspectos positivos para além da saúde e bem-estar. Após as férias, as pessoas ficam mais produtivas, alegres e criativas. “Pareces outro!” é o que vai ouvir nas boas-vindas.
Mas ir de férias não basta se não forem decentemente aproveitadas. É fundamental usufruir das férias para relaxar, experimentar novas actividades e divertir-se socialmente. Sem tecnologia melhor ainda: relaxar não é ver felinos no YouTube; novas actividades não é instalar novas apps; e diversão social não é recolha e distribuição de likes.

A tecnologia está a privar-nos do descanso profundo, precisamente por nos impedir de desconectar totalmente. Nancy Colier, psicoterapeuta e autora do livro “The Power of Off”, adverte que, dessa forma, o nosso sistema nervoso não desliga e isso faz com que nos sintamos permanentemente cansados.

200 g de pôr-do-sol, 1 par de havaianas, 1/2 livro e areia q.b.

Está na altura de experimentar um detox digital.
Para desligar totalmente do trabalho e sentir o repouso revigorante das férias, terá de abdicar de alguma tecnologia, daquela mais intrusiva. Ou seja, um detox digital não abarca toda a tecnologia (quer desligar, não endoidecer), apenas electrónica conectável à Internet, como o PC ou o smartphone (OK, talvez entre em pânico por momentos).

Enquanto empresário, compreendemos o quão difícil seria livrar-se do smartphone no dia-a-dia, por isso, o período das férias é o ideal para o seu detox digital. Sugerimos-lhe algumas dicas e técnicas para carregar a bateria ao máximo e limpar toda a cache da sua cabeça.

1. Empresa em piloto automático

Uns dias com acesso limitado à tecnologia requer alguma organização extra. Comece por preparar com antecedência os processos na sua empresa, os seus colaboradores e os seus clientes, se for o caso. Esta é uma parte essencial porque quantos mais detalhes planear, menos serão os assuntos que irromperão nas férias. Por exemplo, com o InvoiceXpress poderá automatizar alguns processos, como o envio do SAF-T ao seu contabilista, agendamento de facturas ou até alertas de vencimento de facturas e ir de férias descansado.
Assim, prepare os colaboradores e nomeie um deles para ser o único a contactá-lo, se necessário. Avise os clientes com antecedência e passe o contacto da pessoa com quem deverão falar na sua ausência. O mesmo se aplica aos seus fornecedores.

2. Caixa de entrada vazia

O email de trabalho pode ser o grande desmancha-prazeres das férias. No PC está a uns cliques de distância, no smartphone a dois toques. Este acesso tão facilitado não ajuda nada a desligar do trabalho, principalmente a pessoas que verificam o email várias vezes durante o dia. Mesmo as que não verificam, terão a inquietante notificação de nova mensagem.
O segredo está numa boa configuração do email. Escreva uma mensagem out-of-office que informe claramente sobre o período de ausência. Não se esqueça de referir contactos dos seus colaboradores para cada categoria de assunto.

3. Smartphone, o invasor “barra” aliado

O canivete-suíço dos tempos modernos é uma ferramenta incrível. Decerto que até conhece uma ou duas pessoas que sofrem ao ficar sem bateria no smartphone por apenas 30 min (urgência powerbank!). Usamo-lo para tudo: entretenimento, notícias, comunicar, compras, e - lá está - trabalho.
É pelas múltiplas utilizações do smartphone e pela dependência que produz, que o smartphone surge como o maior desafio do detox digital. O smartphone suga-nos ao ponto de prejudicar e diminuir as nossas capacidades, e aqui convém sublinhar a capacidade de socializar decentemente, relacionado com o fenómeno do phubbing, que nos irrita a todos (pelo menos quando somos nós os ignorados). Portanto, vejamos algumas técnicas para o smartphone não arruinar o objectivo número 1 destas férias: desligar do trabalho.

Se quiser simplificar, basta escolher um destino onde tem a certeza que não haverá qualquer hipótese de se conectar à Internet. Nos primeiros dias vai sentir alguma inquietação, depois atenua até resultar numa sensação de liberdade.

Para um empresário, desligar a 100% é quase impossível. Posto isto, uma utilização limitada do smartphone será o melhor para um confortável equilíbrio entre o “desligar” e um mínimo de preocupações com o seu negócio.

  • Acesso limitado
    Comece por condicionar o acesso ao smartphone. Experimente deixá-lo no quarto de hotel durante o dia e estabeleça uma hora para consultar o email e outras aplicações do trabalho.
    “Como vou fotografar as paisagens, os monumentos e os deliciosos pratos?” Existem uns aparelhos óptimos para isso, chamam-se máquinas fotográficas. Quanto aos pratos, ao invés de os partilhar no Instagram, descreva-os numa conversa cara a cara com amigos. #SocializarFazBem

  • Modo férias
    Caso tenha de levar o smartphone consigo, condicione a utilização: tire fotos, verifique o GPS, ligue para um familiar... e discipline-se a manter os dados desligados. Este é o detalhe mais importante, e demasiado falível, por isso há medidas de contingência. Convém desinstalar a app de email do trabalho assim como desligar as notificações de apps para assuntos profissionais. Por exemplo, se possuir um grupo de trabalho no Whatsapp, qualquer que seja o assunto discutido, a notificação vai teletransportá-lo instantaneamente do paraíso onde está para um contexto de trabalho, contaminando a experiência do que estiver a fazer.

  • Novo look
    Aproveite as férias para pôr o smartphone a condizer com o seu mood. Altere o fundo do menu e a protecção de ecrã para algo alegre ou relacionado com o seu destino de férias. E, claro, seleccione um toque divertido. O que acontece é que, pelo facto do smartphone estar tão ligado ao trabalho, uma mudança no aspecto do dispositivo pode ajudar a diminuir o efeito pavloviano que este provoca: smartphone = trabalho. Já agora, se utilizar capa, dê um toque extra e adquira uma de cor igualmente divertida, verde Ilhas Fiji ou amarelo Colômbia.

Nova modalidade Multiconta para negócios multiempresa

Trabalho OFF, pessoas ON

Os benefícios de um detox digital são mais que muitos para pessoas com tanto stress e tantas responsabilidades como os empresários. As pressões e horários a que se expõem podem afectar fortemente a saúde física e a saúde psicológica. Mesmo que seja bom a lidar com o stress, mantenha-se alerta, pois também acontece aos melhores, como conta António Horta-Osório, acerca do seu caso pessoal, no Lloyds Bank.

Ainda que essas responsabilidades impeçam os empresários de fazerem um verdadeiro detox digital, ao limitarem e condicionarem a utilização do smartphone, já estão a potenciar melhorias na sua disposição, no desempenho profissional e até nas relações pessoais.

Portanto, nestas férias desligue do trabalho e, principalmente, desligue do smartphone para que absorva mais da vida que o rodeia e olhe nos olhos das pessoas que estão presentes. Porque as melhores ligações sem fios ainda são as que temos com a família e amigos.

Tem alguma técnica para desligar do trabalho nas férias?
Partilhe connosco e descreva-a num comentário. Muitos de nós ainda vão a tempo de aplicá-la.


Ivo Anjos

Ivo Anjos é licenciado em Comunicação Empresarial com um percurso vincado em Marketing. Os seus interesses dividem-se entre o digital, o desporto e o sofá.

blog comments powered by Disqus




Fale connosco!

Somos uma equipa dedicada a responder a todas as suas questões de forma rápida e eficaz.

Acreditamos que o suporte é a nossa melhor funcionalidade.

Ponha-nos à prova!