Como monetizar um site ou um blog?


Tendo um volume relevante de tráfego para o seu site ou o seu blog e estando este otimizado para os motores de busca, pode pensar em ganhar dinheiro com a sua plataforma digital. Saiba como.

Monetizar um site ou blog é, sem dúvida, uma excelente forma de obter receitas extra para o seu negócio. Porém, para que este objetivo tenha resultados, outras premissas devem estar, já, implementadas.

A primeira, tem que ver com a otimização da sua plataforma para os motores de busca. Sim, falamos do SEO. Ou Search Engine Otimization. Este artigo explica tudo sobre como trabalhar esta disciplina de origem digital, sendo que todo os seus passos devem estar bem trabalhados.

Igualmente importante é ter um volume relevante de tráfego para o site ou blog. Esta métrica é fundamental para convencer terceiros a marcarem presença com, por exemplo, publicidade. Trocando por miúdos: as marcas apenas estão presentes em espaços onde existe uma probabilidade grande de serem vistas.

Se cumprir estes requisitos, chegou a altura de dar o passo para a monetização do site/blog. Caso ainda não tenha chegado lá, é importante percorrer este caminho para que possa ter argumentos para convencer aqueles que lhe podem dar dinheiro a ganhar.

Posto isto, partimos do princípio de que estes requisitos estão cumpridos. E se assim for, a questão que se coloca é a mesma que titula este artigo.

Como monetizar um site ou um blog?

Vender espaço publicitário

Damos o pontapé de saída com este método. Não por ser de alguma forma distinto ou mais eficaz que os demais, mas porque o aflorámos uns parágrafos acima. No fundo, a ideia é negociar espaço publicitário no seu site ou blog com anunciantes que ali queiram estar presentes.

Estes anúncios terão a forma de link no rodapé da página, banners ou até popups. Para que esta forma tenha sucesso, sublinhamos o que escrevemos antes, relativamente ao volume de tráfego, mas também uma taxa de conversão alta.

É fácil explicar porquê: este método utiliza modelos de pay-per-click e pay-per-visitor, ou, tornando a explicação mais óbvia, as receitas dependerão do número de pessoas que clicarem no anúncio ou visitarem o site.

Google Ad Sense: pay per click

Na mesma linha que o ponto anterior, o pay-per-click do Google Ad Sense é outra via para obter um rendimento passivo com as suas plataformas. Para que possa fazer parte desta família, deve confirmar junto do Google Ad Sense que o site/blog cumpre todos os requisitos, registar-se e, após aprovação, incorporar o códido javascript no site.

Concluídos esses passos, deve posicionar os anúncios onde achar que fazem mais sentido para quem visita aquelas páginas.

Outra das vantagens desta opção é que além do suporte técnico prestado pela Google, tem ainda ao dispor vários tutoriais e fóruns onde este tema é debatido e esmiuçado.

Marketing de Afiliados

Outra forma de conseguir algum rendimento passivo é a aposta no Marketing de Afiliados. Como funciona? Nada mais simples: promover produtos/serviços de outras empresas no seu site. Sempre que alguém os adquirir através da sua plataforma, ganha dinheiro com isso.

Arranque assim: crie uma página focada em recomendações ou promoção de produtos que tenha ligação com o conteúdo que costuma criar. Faça parte de um programa de afiliados de marcas como a Amazon, Mailchimp ou Canva e, por fim, distribua os links destes afiliados através do conteúdo publicado no seu blog.

Crie e venda os seus produtos online

Este processo é mais moroso, pois exige a criação e desenvolvimento de um produto ou serviço e, de seguida, a sua venda através do seu site.

Porém, nada tem a temer. Se as suas plataformas possuem um volume elevado de tráfego e estão bem otimizados para os motores de busca na Internet, significa que muitas pessoas irão lá “aterrar”, aumentando, com isso, a possibilidade de conversão. Por outro lado, sendo as visitas tão volumosas, significa que, de alguma forma, tornou-se uma autoridade naquele tema ou assunto em particular.

Aproveite a sua expertise e crie ebooks ou dê alguns cursos na área da sua especialidade e, claro, ganhe dinheiro com isso.

Conteúdo Patrocinado

Sim, adivinhou: irá criar conteúdo associado a marcas suas parceiras, promovendo-as no site ou no blog. Existem, porém, vários formatos para materializar esta colaboração. 

O mais comum é através de artigos — escritos por si ou pela marca — fazendo referência à insígnia. Pode também criar infografias que enalteçam os parceiros, realizar a venda direta dos seus produtos/serviços ou até fazer reviews sobre aqueles.

Tudo isto será viável, claro, sempre que o seu site ou blog tiver números que convençam terceiros a marcar presença e a publicitar o seu universo comercial.

Doações ou conteúdo pago

Quando se é uma autoridade num tema ou se tem um poder de influência muito grande junto de determinada comunidade, é comum, de forma subtil, solicitar um apoio para que consiga dar seguimento ao trabalho no site/blog que aquela tanto gosta.

Nem todos farão doações, mas alguns darão o seu contributo, sendo esta forma de monetização mais uma fonte de receitas extra.

Para que este método seja eficaz, deve identificar claramente onde podem os seus seguidores/leitores fazer a doação. Pode, por exemplo, criar um botão no site para a realização de uma contribuição, ligando-os, depois, a processadores de pagamento como o PayPal ou o Stripe, ou utilizar plataformas digitais para o efeito, como o Patreon.

Ainda na mesma linha de pensamento — e fazendo algo que muitos jornais online já aplicam — é possível, tendo uma comunidade vasta e fiel, criar conteúdo premium. Ou seja, solicitar algum tipo de contribuição para consumo daquele conteúdo

Mais uma vez, tal como o método de doação, nem todos pagarão para lerem o artigo, mas existe uma franja que o fará. É importante relevar, novamente, que estes dois caminhos de monetização do seu site apenas devem ser aposta quando a sua comunidade o vê como um especialista numa determinada área, sabendo, também, que ali é o único local onde poderão encontrar a informação credível e robusta que tanto procuram.

As ideias estão aqui, agora é meter mãos à obra para ganhar dinheiro com o seu site ou blog.


Ângelo Delgado

Copywriter, escritor e antigo jornalista, pretende ainda escrever guiões para cinema, pois já os escreve para publicidade. Tudo o que esteja ligado à palavra, tem a atenção do Ângelo.

blog comments powered by Disqus



Fale connosco!

Somos uma equipa dedicada a responder a todas as suas questões de forma rápida e eficaz.

Acreditamos que o suporte é a nossa melhor funcionalidade.

Ponha-nos à prova!