Como conseguir o seu primeiro cliente como Freelancer


Uma das vantagens de ser freelancer é que pode trabalhar para qualquer pessoa e para qualquer empresa. Contudo, conseguir o primeiro cliente será sempre uma tarefa morosa, mas também a mais gratificante, pois servirá de rampa de lançamento para os projetos seguintes. Por isso, trazemos-lhe algumas estratégias para conseguir o seu primeiro cliente como freelancer.

Ser freelancer é deixar a zona de conforto para criar o seu próprio negócio numa determinada área profissional, na qual se considera especialista. Por um lado, ganha liberdade e autonomia e por outro, fica à mercê da procura do mercado. 

Para ter sucesso numa carreira como freelancer é preciso mais do que talento. É necessário prestar um bom serviço e adotar estratégias para chegar aos potenciais clientes. Para não ficar à deriva, damos-lhe a conhecer algumas táticas simples e altamente eficazes. Descubra quais, abaixo.

11 Dicas para conseguir o seu primeiro cliente como Freelancer

1. Procurar na lista de contactos

Obter o primeiro cliente é motivacional. Dá-lhe a confiança de que é capaz de ser um profissional independente. É também o mais difícil, pois terá que convencer alguém de que é bom naquilo que faz.

No entanto, conseguir o primeiro cliente pode ser tão simples como olhar para a lista de contactos e identificar quem é a pessoa que precisará dos seus serviços. O seu potencial cliente poderá estar entre os seus familiares, amigos, ex-colegas de turma e até meros conhecidos. Como são pessoas com quem já se relaciona e, eventualmente, até já conhecem o seu trabalho, existe uma relação de confiança pré-estabelecida. Isso facilita a interação, uma vez que é mais fácil que essa pessoa opte por o contratar em detrimento de um estranho.

2. Criar um portfólio

O portfólio é o cartão de visitas do seu negócio. Ninguém contrata o serviço de um profissional freelancer sem primeiro conhecer as suas capacidades. Com um portfólio bem estruturado tem a oportunidade de expor os seus melhores trabalhos e mostrar todo o seu potencial.

Para colmatar a falta de experiência, pode usar trabalhos realizados em contexto de formação ou projetos realizados a título pessoal. O importante é catalogá-los de forma clara e apelativa, de modo a cativar o potencial cliente e levá-lo a contratar os seus serviços de freelancer. 

O portfólio pode ser um site, um blog, uma apresentação em powerpoint ou até mesmo uma pasta física, dependendo do seu público-alvo. 

3. Networking

Pessoas no mesmo ramo de atividade não são necessariamente concorrência, são antes uma comunidade. 

Ao construir uma sólida rede de relacionamentos profissionais coloca-se em vantagem competitiva, uma vez que consegue obter informações relevantes sobre a sua área de negócio, aumentar a sua visibilidade profissional e identificar em primeira mão oportunidades de negócio. E com o networking, a probabilidade de angariação de clientes é ampliada, pois nada melhor que profissionais da mesma área para recomendarem os seus serviços de freelancer.

Participe em eventos e palestras da área profissional na qual quer trabalhar. Converse com as pessoas, mostre interesse nos seus projetos, apresente-se e fale-lhes das suas competências. Até pode ser que no momento não existam oportunidades para si, mas futuramente podem surgir ou poderá ser recomendado a outras pessoas. 

Crie também parcerias com profissionais que trabalhem em áreas complementares à sua. Para além de agregarem valor mutuamente, poderão ser os impulsionadores do negócio de cada um. Parcerias consolidadas são muito importantes para que seja lembrado quando surgirem oportunidades profissionais que exijam as competências que possui.

Aproveite, ainda, o networking online. Responda a questões e mostre que domina o assunto em fóruns da área ou masterclasses. A pessoa a quem tira uma dúvida poderá ser o seu primeiro cliente. 

4. Posicionar-se como especialista

Melhor do que participar em eventos é ser orador nos mesmos. Na audiência poderá estar o cliente que procura. Mesmo que sejam masterclasses de pequena dimensão, explique de que forma poderia acrescentar valor como orador. Ao demonstrar que domina um assunto, posiciona-se como especialista e isso pode ser o íman para o seu primeiro cliente. 

Escreva, também, sobre vários temas inerentes à sua área de negócio. Conteúdo detalhado e esclarecedor é demonstrativo do seu conhecimento sobre o assunto ou domínio das ferramentas necessárias à execução do trabalho. Pode ser num blog seu, em fóruns ou até nas redes sociais. Crie um canal no YouTube com conteúdo sobre a sua área de negócio – tudo isso traz clientes!

Também pode deixar avaliações sobre produtos, que estão de alguma forma ligados à sua área de atuação, e que, pela sua especificidade e sagacidade, se destaquem, servindo para chamar a atenção sobre si.

5. Inscrever-se em plataformas de trabalho freelancer

Esta é, talvez, uma das formas mais comuns para angariar clientes. Plataformas como o Upwork, Freelancer, Fiverr ou Zaask estabelecem a conexão entre a pessoa que procura uma solução e o profissional que a pode dar.

Apesar da aparente facilidade em alcançar o seu primeiro cliente, é imprescindível ter a ideia de negócio estruturada e o perfil otimizado. 

Tabela de preços, portfólio e apresentação pessoal atrativa são elementos essenciais para apresentar ao potencial cliente. Além de mostrar profissionalismo, é uma excelente forma de criar confiança e de limitar quais os serviços que está disposto a prestar e qual o valor. 

6. Trabalho voluntário ou troca de serviços

Começar a trabalhar sem experiência pode ser difícil, dado que nos sentimos inseguros em relação às nossas próprias capacidades. Por isso, uma forma de angariar experiência e, consequentemente, confiança, é desenvolver um serviço dentro da sua área de negócio para uma organização sem fins lucrativos. Não só lhe permitirá ganhar experiência, como conhecer mais pessoas e abrir novas portas.

Também poderá apostar na troca de serviços com uma empresa ou particular, desde que seja compensatória para ambos e lhe permita desenvolver um projeto para colocar em portfólio. Trocar serviços é uma forma de validar o seu caminho profissional, ganhar exposição, feedback e experiência.

7. Apostar numa forte presença nas redes sociais

Costuma-se dizer que quem não é visto, não é lembrado. Assim sendo, apareça. Mantenha as suas redes sociais atualizadas e demonstre os seus conhecimentos através de artigos de opinião, publicações pertinentes ou partilha de assuntos atuais de outros profissionais da área. 

Comente as publicações de nomes sonantes do mesmo domínio empresarial e, sobretudo, ajude as pessoas de forma livre e desinteressada, respondendo a questões colocadas nas plataformas sociais. 

Certifique-se que tem o seu perfil do LinkedIn atualizado e otimizado, uma vez que esta é, atualmente, a melhor rede social para quem procura oportunidades interessantes de trabalho, mesmo em regime freelancer. Centralize toda a informação sobre o seu percurso profissional e trabalhos desenvolvidos e ative as notificações de vagas de emprego. Quem sabe, não aparece uma oportunidade que encaixe no seu perfil.

Para determinados negócios existem, ainda, sites especializados, como o GitHub para programadores, Behance para designers, Flickr para fotógrafos e Vimeo para criadores e editores de vídeo.

8. Ser proativo

Os clientes não virão até si, porque não o conhecem, nem ao seu trabalho. Portanto, se os clientes não chegam até si, terá de ir atrás deles. Como?

Defina o seu segmento de mercado, procure as dores do seu cliente e determine as soluções. Depois, entre em contacto com as empresas e exponha o problema, a solução e os benefícios que a entidade terá por implementar a sua solução ou usar os seus serviços. 

Mesmo que não feche negócio desta vez, futuramente poderá ser o profissional que a empresa necessita.

9. Investir em formação

Saber é poder. Um bom profissional vai aprimorando os seus conhecimentos e adquirindo novas competências para realizar o seu trabalho. Quanto mais souber, mais facilmente se destacará no exercício das suas funções. Mesmo que não tenha disponibilidade financeira para mais uma formação, poderá optar pelos cursos online gratuitos e tutoriais no Youtube.

Além disso, ingressar numa nova formação pode ser uma excelente oportunidade para conhecer pessoas novas ligadas à sua área que, por sua vez, lhe abrirão novas portas.

Se quiser saber mais sobre faturação, por exemplo, o Curso Gratuito de Faturação do InvoiceXpress é uma excelente opção para aprender o básico e conhecer melhor esta área.

10. Dar formação

No outro lado da moeda tem a possibilidade de dar formação ao invés de apenas receber. Ao ministrar um curso de uma área que domina, não só demonstra que tem conhecimentos sobre o assunto, como pode ser uma excelente maneira de conhecer potenciais clientes.

Para além de se posicionar no mercado de trabalho como uma autoridade nessa área, poderá servir de complemento à sua atividade profissional.

11. Ter uma imagem cuidada e profissional

Ter tudo preparado pode ser o fator diferenciador para reter o cliente ou não. A imagem profissional e organização transmitem a confiança que o cliente necessita para a conversão

Por isso, para além do portfólio e do perfil de LinkedIn atualizado, prepare cartões de visita, desenvolva uma tabela de preços base (pode recorrer à Calculadora de Valor/Hora gratuita do InvoiceXpress para o efeito) e selecione uma forma de passar faturas.

Para quem está a começar um novo negócio, o InvoiceXpress poderá ser um poderoso aliado. Pela sua facilidade em emitir faturas, terá menos uma preocupação e mais tempo para dedicar à angariação de clientes e ao seu negócio. O InvoiceXpress é intuitivo, simples e não requer instalação no computador, podendo ser acedido a partir de qualquer lugar.

Por último, pondere propostas de valor mais baixas face ao mercado, de modo a suplementar a falta de experiência e, posteriormente, vai aumentando o valor de forma gradual. Para além disso, garanta que entrega mais valor do que o esperado na execução do seu trabalho, de modo a impactar o cliente, para que ele o referencie a outras pessoas.


Magda Santos

Profissional de Marketing Digital com foco em SEO, apaixonada por viagens, escrita, livros e fotografia. Navega pelo universo digital, enquanto explora diferentes lugares do mundo. O melhor capítulo da sua jornada de vida é o que se vai desenrolando ao lado da filha.

blog comments powered by Disqus



Fale connosco!

Somos uma equipa dedicada a responder a todas as suas questões de forma rápida e eficaz.

Acreditamos que o suporte é a nossa melhor funcionalidade.

Ponha-nos à prova!