11 formas de usar Códigos QR no seu negócio


Os códigos QR apareceram pela primeira vez em 1994. No entanto, só em 2020 é que o seu uso se tornou mais comum. Saiba como tirar partido desta ferramenta no seu negócio, quer seja um negócio online quer tenha espaços ou produtos físicos.

Os códigos QR foram apresentados em 1994,  mas só começaram a ser populares em 2011. Ainda assim, não foi nessa altura que começaram a ser mais usados, já que nem todas as pessoas tinham um smartphone. Mesmo quem tinha, via-se obrigado a fazer download de uma app que pudesse ler estes códigos.

Para além disto, a ligação à internet ainda era muito lenta, o que fazia com que o download dessa app demorasse muito tempo. Como se isso não bastasse, os websites para onde estes códigos redirecionavam não estavam otimizados para smartphones.

Já em 2020, o caso começou a mudar de figura. Devido ao contexto pandémico que o mundo viveu, os códigos QR começaram a ser integrados no nosso dia a dia. Isto, porque o uso de smartphones já é mais comum e estes já permitem a leitura destes códigos através da câmara integrada. Além disso, é possível fazer a leitura do código mantendo uma distância de segurança.

Os códigos QR são uma tecnologia muito versátil e de baixo custo. Por isso, os negócios também encontraram maneiras engenhosas de os usar, promovendo a interação do público com as suas marcas.

O que é o código QR?

QR é a sigla para Quick Response que, em português, significa Resposta Rápida. O código QR é uma matriz bidimensional que armazena muita informação e pode ser lido como um código de barras tradicional

Mas, ao contrário dos códigos de barras, os códigos QR conseguem armazenar muito mais informação e a sua leitura é muito mais rápida. Estes códigos podem ser lidos por smartphones que irão traduzir esse código em informação útil como uma mensagem de texto, uma imagem, ou uma página de um site.

Os códigos QR podem ser estáticos ou dinâmicos. Os códigos estáticos estão codificados com a informação que pretende armazenar e não é possível alterá-los. Estes são mais indicados para uma tarefa específica, como mostrar uma mensagem ou partilhar informações de contacto. 

Já os códigos QR dinâmicos não armazenam dados e redirecionam o utilizador, como quando partilha um link para uma página num site. Também são usados para redirecionar os utilizadores para uma página de um evento ou um PDF. Sempre que for preciso, poderá alterar o que pretende que a leitura destes códigos faça, sem precisar de criar um novo código QR. 

Assim, os códigos QR dinâmicos são os melhores para integrar no seu negócio e na sua campanha de marketing. Qualquer pessoa tem a possibilidade de criar um código QR gratuitamente. Basta aceder a um gerador como o QR Code Generator.

11 formas de usar códigos QR no seu negócio

Graças à sua versatilidade, muitos negócios têm vindo a incorporar o uso de códigos QR no seu dia a dia. Isto, porque estes códigos permitem entregar uma grande quantidade de informação ao público, diretamente nos seus smartphones e sem qualquer esforço.

De seguida, sugerimos-lhe 11 formas de usar códigos QR no seu negócio. Algumas das sugestões terão maior utilidade para negócios com lojas online, e outras para negócios com lojas físicas. No entanto, acreditamos que, pelo menos uma delas, o irá surpreender e terá alguma utilidade para o seu negócio.

  1. Em conferências e eventos de networking, coloque um código QR no seu crachá de identificação ou na sua t-shirt. A leitura deste código deverá levar as pessoas às suas informações de contacto, evitando o uso de cartões de visita físicos. Assim, para além de não correr o risco das pessoas perderem o seu cartão de visita, estará a poupar o ambiente;

  2. Se tem lojas físicas, coloque um código QR na porta da(s) sua(s) loja(s) onde partilha dados sobre o seu negócio. Estes dados podem ser informações como o horário de funcionamento, número de telefone, site ou redes sociais. Se o seu negócio possuir uma app, então promova o seu download, partilhando o link correspondente na App Store e Google Play;

  3. Se costuma oferecer brindes, como t-shirt ou porta-chaves, inclua-lhes um código QR que dê mais informação sobre o seu negócio. No entanto, o posicionamento deste código não deverá tornar o objeto pouco atraente, já que poderá dissuadir o seu uso;

  4. Se utiliza cartazes publicitários, inclua um código QR que redirecione as pessoas para uma página onde possam saber mais sobre os seus produtos ou serviços;

  5. Se gere um restaurante ou tem um negócio físico com uma lista de serviços ou produtos, crie um código QR onde partilha essa mesma lista. Tenha este código disponível tanto na sua loja, como no seu site;

  6. Os códigos QR também podem ser usados para geração de leads. Para isso, crie um código que direcione as pessoas para a página do seu lead magnet. Juntamente a este código, deverá estar uma chamada à ação. Esta chamada à ação deverá estar relacionada com o seu lead magnet (ex: “Receba uma demonstração gratuita” ou “Ganhe 10% de desconto”). Distribua este código nas suas redes sociais, em flyers ou afixado num cartaz publicitário;

  7. Use os códigos QR para pedir avaliações em plataformas como o Google, TripAdvisor ou outra que seja pertinente para o seu negócio;

  8. Partilhe mais informações sobre os seus produtos e a sua origem ao criar um código QR e coloque-o na embalagem do seu produto. Um exemplo disto são algumas marcas de refrigerantes que incluem códigos QR nas latas. Este código QR deverá direcionar os consumidores para um vídeo promocional ou para um guia de como utilizar o produto em questão;

  9. Para incentivar os seus consumidores a repetirem a compra, adicione um código QR à embalagem da encomenda. Assim que este for lido, irá permitir ao consumidor repetir a compra dos mesmos produtos na sua loja online;

  10. Os códigos QR também podem ser usados em eventos. Seja para distribuir todas as informações essenciais sobre o mesmo, ou para substituir os bilhetes de entrada. Este sistema facilita a confirmação de bilhetes e o processo de entrada dos espetadores;

  11. Se tem um espaço físico que oferece uma ligação à internet aos seus clientes, use um código QR que facilite o acesso ao Wi-Fi.

Códigos QR na faturação

Os códigos QR tiveram uma adesão muito fraca quando apareceram em 1994 mas, hoje em dia, estão em quase todo o lado. Desde as ementas dos restaurantes às latas de refrigerantes. Isto porque permitem usos tão diferentes que já entram no arsenal de ferramentas de marketing dos negócios.

Desde Janeiro de 2022 que também é obrigatório todas as faturas terem um código QR. Isto para que os contribuintes possam comunicar eles próprios as faturas às Finanças através da app e-fatura.

O InvoiceXpress, como um software de faturação certificado pela Autoridade Tributária, está sempre a par de todas estas alterações legais. Por isso, desde o dia 1 de Janeiro de 2022 que o nosso programa de faturação passou a introduzir o código QR nas faturas de forma automática para todas as contas, uma funcionalidade que havíamos disponibilizado ainda em 2021 como opcional para adaptação de todos os nossos clientes.


Beatriz Abreu Peixoto

A Beatriz ajuda empresas e pequenos negócios através da criação de conteúdo escrito informativo e otimizado para os motores de busca. Quando não está a escrever, adora passar tempo com a sua filha de quatro patas, a Phoebe.

blog comments powered by Disqus




Fale connosco!

Somos uma equipa dedicada a responder a todas as suas questões de forma rápida e eficaz.

Acreditamos que o suporte é a nossa melhor funcionalidade.

Ponha-nos à prova!