Black Friday: 10 dicas para aumentar as vendas


Se pretende tirar o melhor proveito da Black Friday para aumentar a faturação e as vendas online, chegou ao local correto: continue a leitura, temos várias dicas para melhor preparar esta data.

Existem vários comerciantes que chegam a afirmar que apenas num fim de semana, neste caso, o da Black Friday, conseguem faturar o equivalente a um mês de operações. Exagero? Não nos parece. A cada vez maior literacia digital e a cultura ligada à procura incessante pelo melhor negócio transformam a data num marco no calendário de qualquer empresa que tenha casa no digital.

É, no entanto, necessário preparar a chegada da Black Friday com alguma antecedência e não apenas aplicar um conjunto de descontos aleatórios durante aqueles dias. Há passos obrigatórios ou, no mínimo, uma cartilha que permite aumentar as probabilidades de venda em grande escala. Tome nota.

10 dicas para aumentar as suas vendas na Black Friday

Transparência nos descontos

Não vale a pena afirmar que um produto tem um incrível desconto de 75%, quando, na verdade, este é apenas de 35%. Além da honestidade, que rapidamente é colocada em causa nas redes sociais - comprometendo o negócio - é bastante fácil para um consumidor atento e com alguma agilidade digital comparar preços noutras plataformas.

Descobrindo que o desconto não é tão grande como o comunicado, é provável que a sua marca ganhe publicidade negativa durante alguns dias. Assim, fica o conselho: transparência e descontos reais, sem truques.

Online, claro, mas loja física também!

Estamos de acordo: a Black Friday é muito sobre a compra online de produtos, mas o envolvimento da loja física - caso exista - neste processo poderá trazer ainda melhores resultados.

Muitos são os consumidores que procuram online e compram presencialmente, preferindo essa experiência de loja. Outros, por não se sentirem confortáveis com o processo de troca de produto, caso este não revele ser aquilo que pretendiam, também escolhem o espaço físico. Há ainda quem, simplesmente, visite as lojas nesses dias e, estando disponível a promoção logo ali, fecham a compra sem esperar pela compra online.

Havendo muitos outros motivos, é importante salientar que existe ainda alguma população digitalmente iletrada — embora essa condição não os exclua como potenciais compradores — e que não tenha cartões de crédito, pois muitas das operações os exigem. Em suma: podendo, articule digital e físico, só tem a ganhar.

Atualize - ou crie! - o seu Google My Business

O Google My Business, recentemente renomeado como Perfil de Empresa, é uma espécie de bilhete de identidade do negócio ou empresa. Ali, poderá encontrar tudo o que envolve a sua empresa e o que é necessário para chegar até ela. Por outras palavras: é fundamental prepará-la — ou criá-la — para estar preparada para a Black Friday.

Nesta ferramenta, poderá incluir o seu número de telefone e, com isso, aumentar a possibilidade de contactos por parte dos clientes.

Mas há mais! Há espaço para colocar o link do seu site, criando, novamente, uma ligação direta com o negócio; a morada/área de localização, se os produtos estão ou não disponíveis, horário de funcionamento, fotografias, eventos específicos, ofertas e criação de publicações.

Toda esta panóplia de informações sobre a sua marca irá fazer com que mais facilmente apareça nos resultados de pesquisa do Google e Google Maps. As contas são, por isso, fáceis de fazer: se o encontram a partir do Google, as probabilidades de vendas são, claro, maiores.

Ainda o Google: Shopping

Outra ferramenta do gigante tecnológico, o Google Shopping aplica os recursos de pesquisa da Google, o que por si só nos dá uma real dimensão do universo alcançado. Encontrados os produtos que aqui colocamos, encaminham, depois, para o site onde se realiza a compra online.

Ainda nesta plataforma, é possível consultar toda a informação sobre o artigo, os preços atuais, as ofertas mais recentes e a disponibilidade atual do produto. Uma gama de opções que não deixa grandes dúvidas sobre a sua utilidade para a Black Friday.

Jogar na antecipação

Tudo, ou pelo menos quase tudo, o que é feito em cima do joelho tem poucas hipóteses de sucesso. Com a Black Friday é igual: apenas um trabalho desenvolvido nos meses anteriores, com rigor, é capaz de trazer um aumento de vendas de acordo com as expetativas. Este artigo publicado no nosso blog vai ajudá-lo a criar a sua campanha.

Definir os descontos, em que produtos, durante quanto tempo, criar programas de fidelização, preparar a equipa para um período de aumento de atividade e análise da concorrência são pormenores que exigem tempo, ponderação e pensamento. Faça-o cumprindo estes requisitos e estará, quase de certeza, mais próximo de atingir os seus objetivos ao nível de faturação.

Comprar agora… e mais tarde

A Black Friday, já o dissemos, tem hoje uma importância ímpar nas marcas que ocupam um espaço digital, mas, convenhamos, o resto do ano também importa. Se é importante vender agora, é igualmente relevante prender o consumidor com algum tipo de incentivo para que ele regresse mais tarde à sua loja, física ou online.

Alguns exemplos: garanta um desconto numa nova compra ao subscrever a sua newsletter; faça um acompanhamento próximo do processo de compra, mostrando que aquele cliente é único e, por isso, merece toda a sua atenção; personalize a experiência de compra; mostre, caso seja notório, que a sua marca faz diferente e é única em determinados aspetos.

Cross Selling e Up Selling

Parecidos, ambos importantes, são duas estratégias de venda online que, quando bem implementadas, podem servir para aumentar as vendas.

Comecemos pelo Up Selling: estando o cliente perto de finalizar a venda, é-lhe sugerido um produto de iguais características, um pouco mais caro - porém melhor. Este incremento de preço não deve ser significativo, sendo capaz de convencer o cliente a aceitar a sugestão.

Já o Cross Selling tem uma outra abordagem: também no momento de finalização da compra, são sugeridos ao comprador produtos/serviços complementares ao que está perto de adquirir. Desta forma, pode receber X em vez de Y após finalizada a operação — sendo que X é maior que Y!

Parceiros, embaixadores e influenciadores

Desde que bem identificados com os valores da marca e com ligação direta — ou indireta — aos produtos/serviços divulgados, esta pode ser uma mais-valia da sua empresa para chegar a um público ainda mais alargado. 

Estas figuras, além de, facilmente, duplicarem a capacidade de alcance da marca, fazem crescer a possibilidade de concretização de negócio. Em alguns casos, sem estas figuras, muitos consumidores não teriam contacto com a sua empresa e os produtos em promoção.

Estudar a concorrência. Sempre!

Por vezes, na azáfama relacionada com os preparativos da Black Friday, fica para segundo plano uma das grandes regras do mundo do marketing/publicidade: a análise da concorrência!

O primeiro passo é identificar os seus principais concorrentes e, depois, perceber o que fazem e o que fizeram nesta efeméride nos últimos anos.

Com esta informação do seu lado, poderá mais facilmente surpreender, agarrando os eixos comunicados e desenvolvendo estratégias que a concorrência ignorou. E, igualmente relevante, não repetindo os erros cometidos por aqueles.

Faturar rapidamente e sem complicações

Num período temporal em que as vendas aumentam significativamente, o pior que pode acontecer ao seu negócio é ficar impossibilitado de vender mais por problemas de faturação.

Por isso, durante a preparação das suas campanhas, analise com atenção se o seu programa de faturação dá resposta ao que espera alcançar.

O InvoiceXpress é um software de faturação online certificado pela Autoridade Tributária, que lhe permite emitir faturas em segundos e sem complicações, e escalar o seu serviço à medida das suas ambições. E graças à sua eficiente API e aos Plugins de Integração disponíveis, pode automatizar a faturação da sua loja online.

E o melhor: pode experimentar durante 30 dias grátis já hoje!


Vamos preparar a Black Friday para a sua empresa?


Ângelo Delgado

Copywriter, escritor e antigo jornalista, pretende ainda escrever guiões para cinema, pois já os escreve para publicidade. Tudo o que esteja ligado à palavra, tem a atenção do Ângelo.

blog comments powered by Disqus




Fale connosco!

Somos uma equipa dedicada a responder a todas as suas questões de forma rápida e eficaz.

Acreditamos que o suporte é a nossa melhor funcionalidade.

Ponha-nos à prova!